Exposição sobre a história do Bixiga em São Paulo

0
44 views

A partir de 23/06, o Memorial Dom Orione inaugura a nova exposição inédita temporária, “Epicentro Bixiga”, com o objetivo de apresentar o Bairro do Bixiga e sua população, através de cenografia e painéis. A visitação é gratuita. Consulte horários de funcionamento. Endereço Rua 13 de maio, 432.

Idealizada pela produtora Dani Correa, financiada pela Fundação Nacional das Artes, a FUNARTE, com o conceito curatorial de Rico Malta, pesquisa de Lucas Almeida e projeto expográfico da premiada cenógrafa Paula de Paoli, com realização das Obras Sociais Nossa Senhora Achiropita, a exposição é dividida em três momentos: Bixiga Italiano, Bixiga Solo Negro e Bixiga é o Nordeste. Convidamos o visitante a conhecer e se reconhecer neste acervo da pluralidade de presenças, sociabilidades, modos de viver e formas de resistir das populações africanas, italianas, nordestinas, e de seus descendentes a partir do século XIX no Bixiga.

A exposição, montada no piso superior do Memorial Achiropita-Orione no Bixiga, conta com uma instalação imersiva, educativa e lúdica, e reúne painéis, banners, objetos, biombo, varal expositivo e cenografia que reconstitui e articula as diversas memórias sociais de um território que mantém suas raízes ancestrais vivas, de acordo com cada novo achado no Sítio Arqueológico do Quilombo Saracura, a cada edição da Festa de Nossa Senhora Achiropita, nas celebrações inculturadas da Pastoral Afro Achiropita, em cada produto comercializado nas casas do norte/nordeste presentes nas mesas dos moradores, nos ensaios de rua da Vai-Vai, nas quermesses das vilas, nos aromas e sabores das cantinas italianas e dos restaurantes nordestinos, nas pequenas mercearias, com anúncios escritos à mão, “chegou o requeijão do Ceará”, “chegou o queijo da Bahia”, em cada prato de feijoada distribuída na Festa de Ogum e os diversos doces entregues nas Festas dos Santos Cosme e Damião pelo bairro.

Bixiga Solo Negro
A presença africana e de seus descendentes nos Campos do Bixiga se deu a partir do início do século XIX, marcado pela existência da comunidade quilombola do Saracura na região.

Bixiga Italiano
Os primeiros imigrantes italianos chegaram na cidade de São Paulo a partir do final do século XIX, por conta de questões sociais e econômicas na Itália, somando-se com a proposta de substituição da mão de obra escravizada no Brasil, apoiada nas teorias do embranquecimento da população brasileira e nas políticas públicas de imigração financiadas pelo Governo brasileiro, durante e após a abolição da escravidão no Brasil, em 1888.

Bixiga é o Nordeste
Ao falar do Bixiga, é necessário destacar a grande presença contemporânea da população de brasileiros de diversos Estados da região do Norte/Nordeste, presente desde os anos de 1950, quando vieram para trabalhar na construção de São Paulo. Hoje, eles ocupam postos em diversos segmentos, além de atuar também nas cozinhas das cantinas, e serem proprietários de bares e restaurantes. Muitos residem em imóveis próprios, ou em pensões e cômodos de cortiços pelo bairro, os mesmos que no século passado eram ocupados por italianos.

O projeto, ainda, contemplou um Curso de Formação de Monitores Culturais, durante um período de 3 meses, jovens do bairro tiveram acesso a um conteúdo rico e foram instrumentalizados à conduzir uma exposição.

Três dos participantes do curso foram contratados como estagiários e terão a oportunidade de testar seus conhecimentos e dar continuidade ao aprendizado durante o período em que a “Exposição Epicentro Bixiga” ficará em cartaz, a partir do dia 23 de junho no Memorial Achiropita- Orione no Bixiga.

Epicentro Bixiga
Exposição: A partir de 23 de junho até o dia 15 de setembro/24 Horários sábados e domingos meses de Junho e Julho: das 10h00 às 12h00 e das 14h00 às 18h00.
Mês de agosto – Festa da Achiropita: Horários sábados e domingos: das 10h00 às 12h00 e das 14h00 às 22h00.
Local: Memorial Achiropita Orione no Bixiga- Rua 13 de Maio, 432
Classificação Indicativa: Livre Entrada Franca.
Visitas monitoradas (realizar agendamento prévio através do telefone (11) 97642-1134

Reportagem: Da redação. Foto: Divulgação.

Para saber mais sobre outros conteúdos, clique aqui e acesse a home do nosso portal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui