Malha cicloviária de SP é ampliada em 23 km, mas falta manutenção nas já existentes

0
20 views

Com as novas ciclovias e ciclofaixas, São Paulo passa a ter 722 km de vias para bicicletas. As obras de implantação continuam e novos trechos já estão em discussão

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Mobilidade e Transportes (SMT), entregou 23 km de novas ciclovias e ciclofaixas. As novas estruturas são fruto de duas concorrências da SMT e, dentre elas, uma estava prevista em Certidão de Diretrizes de um Polo Gerador de Tráfego (a da Rua Cardeal Mota, no entorno do Parque Toronto). A atualização do mapa da malha cicloviária paulistana já está disponível na página da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

As novas estruturas têm importância estratégica. Exemplos são a ciclovia da Ponte Cidade Universitária, que liga os bairros de Pinheiros e Butantã, e a do Viaduto Bresser, que conecta as regiões do centro à Mooca. Além de trechos das avenidas Nações Unidas e Eng. Alberto de Zagottis, antigas demandas dos ciclistas. Com a conclusão dessas estruturas dedicadas às bicicletas, a cidade alcança a marca de 722 km de malha cicloviária.

Há ainda obras em andamento para a implantação dos 27 km restantes das concorrências da SMT. Outros 121 km estão em implantação por meio da PPP da Habitação. E, em breve, será lançada concorrência para a construção de mais 260 km de estruturas, já discutidas com a sociedade por meio de audiências públicas, entre outros instrumentos. A SMT ainda deixou público para consulta dos cidadãos a proposta para outros 318 km de estruturas cicloviárias (disponíveis Sistema Eletrônico de Informações), que ainda passarão por audiência pública. Dessa forma, a projeção da malha cicloviária já alcança os 1.400 km.

O Plano de Metas 2021-2024 traz descrito em seu objetivo 43 a expansão da malha cicloviária paulistana em 300 km, atingindo no quadriênio uma rede total de 1.000 km de extensão. Até 2028, a previsão é que a cidade atinja 1.800 km de vias com tratamento para bicicletas.

Estruturas entregues
Viaduto Bresser – 1.296m
Av. José Maria Whitaker trecho 1 – 301m
Av. José Maria Whitaker trecho 2 – 1.421m
Av. República do Líbano – 653m
R. Rui Barbosa – 2.338m
Av. Dom Pedro I – 1.469m
Av. Sena Madureira – 2.783m
Ponte Cidade Universitária – 481m
Av. Jaguaré – 1.514m
Av. Dr. Gastão Vidigal – 1.415m
Av. Indianópolis – 3.586m
Av. Engº Alberto de Zagottis – 1.539m
Av. das Nações Unidas trecho 1 – 1.290m
Av. das Nações Unidas trecho 2 – 818m
R. Cardeal Mota – 1.950m

Malhas antigas e abandonadas
As malhas antigas existentes na Vila Carrão, Tatuapé, Zona Sul e outras regiões, sofrem com a falta de manutenção, uma vez que muitas delas, desde as gestões anteriores, ficaram abandonadas, sem pinturas e sem sinalização. “Não é possível que a gente inaugure mais ciclofaixas e não cuide das já abertas há anos”, disse Roberto Brande Filho, morador da Vila Carrão.

Reportagem: Da redação. Foto: Divulgação.

Se você quer conferir outros conteúdos como este aproveite e acesse a home de nosso site.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui