Mães de alunos da APAE se posicionam a favor da educação especial

0
9 views

Familiares de PCDs já matriculados na entidade, entendem que acompanhamento especializado é melhor alternativa para seus filhos

O cenário da educação no Brasil vem sendo alvo de várias abordagens e comentários nas últimas semanas, principalmente no que se diz respeito à inclusão da pessoa com deficiência nas escolas regulares. É necessário entender que nem todos os PCDs conseguem ser atendidos nas escolas do estado de São Paulo, pela falta de profissionais preparados nas unidades e por conta de toda a infraestrutura das instalações.

O que pesa a favor das escolas especiais são os anos de relacionamento das famílias com as APAES, que compreendem que a entidade é toda elaborada para atender a pessoa com deficiência com atenção e respeito, algo que elas sempre buscaram para os seus filhos e, quando encontram, se sentem acolhidas. Por isso, muitas mães acabam escolhendo a educação especial para os seus filhos, ao invés das vagas nas escolas regulares.

Claudinéia Maria, mãe da aluna Karina Gallo da APAE de Matão, comenta que sem o apoio da educação especial, não saberia se teria conseguido. “Agradeço por cada minuto de atenção, dedicação e paciência comigo como mãe e com a minha filha. A Karina ama a escola e não gosta de faltar, isso para mim é um sinal de que ela é muito bem tratada, tanto pelos professores, quanto pelos colegas de sala”, conta. A mãe de Karina relata que a APAE teve a capacidade de olhar para ela devagar, porque antes, na vida, “muitas pessoas a olharam depressa demais”, completa.

Muitas famílias são contra a inclusão dos alunos nas escolas regulares também devido ao medo de seus filhos não serem acolhidos nesses locais, além de que poderiam sofrer preconceito, causando uma enorme insegurança, exatamente como relata a Alessandra Carvalhais, mãe do Pedro Henrique, que é aluno da APAE de Franca.

“Apesar da pandemia, essa época foi um período excelente, em que estamos com o apoio de profissionais capacitados e comprometidos com suas metas. A inclusão do Pedro na escola de educação especial da APAE Franca oferece para nós, pais, mães e alunos, todo o suporte necessário” conta Alessandra, que diz que a evolução de seu filho é impressionante. “O Pedro ama a APAE, ama tudo o que ela oferece para a gente. Somos muito gratos por tudo”, contou a mãe, que é atendida pela APAE de Franca.

A Federação das APAES do Estado de São Paulo (FEAPAES-SP) é a favor da inclusão para aqueles que podem se beneficiar da rede regular e também defende  que as famílias das pessoas com deficiências tenham o direito de escolher a escola que querem colocar os seus filhos. Seja em escola de educação especial ou em uma escola regular de ensino, uma vez que o entendimento é que há um cenário complexo, com níveis diferentes no que diz respeito à locomoção, cuidados e atividades que nem todas as unidades de educação da rede pública estão aptas a exercer.

Se você quer conferir outros conteúdos como este aproveite e acesse a home de nosso site.

Reportagem: Da redação. Foto: Divulgação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui